Skip to content

Naming: por que é fundamental a escolha do nome para a empresa

    naming

    Quando se trata da criação de novos negócios, escolher o nome para sua nova empresa é tão importante quanto desenvolver o produto/ideia com matérias-primas de qualidade, porém isto acaba sendo negligenciado por muitos empresários. O naming, como é chamado, vai muito além de dar um nome: ele aproxima a empresa do seu público. Entenda mais sobre o conceito antes de escolher um nome para a empresa. 

    Entenda o que é o naming e a importância do nome para a empresa​

    O naming é uma famosa estratégia de branding, em que se trata da gestão da marca e de como ela é vista no mercado, para que esta tenha seu posicionamento bem determinado e alinhado às ideias do nicho em que se encontra. Isso torna muito mais simples a definição de tom de voz e de estratégias de marketing para que as empresas sejam consolidadas e mantenham os interesses alinhados com quem se quer falar, vender e ser reconhecido.

    Nesse contexto, o naming pode ser considerado como o braço direito dessa estratégia. É o momento da definição de seu público, que vai aumentar o reconhecimento e buscar trazer uma imagem positiva para a marca, fazendo com que seja possível agregar valor aos seus produtos/serviços e favorecer grandes parcerias lucrativas.

    Ou seja, o momento de escolher o nome para a empresa é a parte central na hora da definição do seu público e tom de voz. 

    Como escolher o nome para sua empresa​

    Uma boa estratégia quando se trata de engajamento é entender o local em que os clientes mais encontram identificação com a marca. Sabe a concorrência? Ela pode assustar, mas na verdade ela é o pulo do gato: primeiro, verifique como os seus concorrentes estão se comunicando e acompanhe como os clientes se comportam em relação a isso.

    naming

    Agora entra a escolha do nome da empresa: se colocar onde o seu cliente está, se posicionado da melhor forma, vai ajudar a ter insights. Aí será bem mais fácil desenvolver e criar nomes de produtos, marcas e serviços.    

    Para isso é preciso obter um nome fácil, que seja claro de fácil memorização para os consumidores (o famoso “chiclete”). Pode ser simples, mas precisa dizer muito. Você pode utilizar as iniciais de algumas palavras para formar uma nova (acrônimo), pensar em nomes que causem algum impacto no mercado, ou que represente aspectos racionais e emocionais do produto (que podem ter a ver com o proprietário, com a história e a origem da Marca).

    Pensou no nome? Agora verifique a disponibilidade de nome no mercado. O nome escolhido não pode estar regularizado no INPI.

    Uma vez que estiver disponível para registro, você pode começar a usá-lo.

    Alinhe as estratégias e valorize seu serviço​

    Entendeu como escolher o nome para a empresa? Agora sim será possível obter a melhoria de confiança na marca e seus produtos, melhorar o propósito de valor e o mindset de aprendizado. É importante que se mantenha um trabalho constante para que a identidade e comunicação visual estejam sempre conversando com os interesses do seu público.